A lei de Murphy

A lei de Murphy

Lei de Murphy, se é que podemos chamar de “lei”, é na verdade, uma série de idéias de cunho popular. Tudo se iniciou com Edward A. Murphy, capitão da Força Aérea americana, que pretendia fazer um experimento para testar a tolerância humana à aceleração, em 1949. Tal experiência consistia em um conjunto de 16 acelerômetros colocados em várias partes do corpo de uma pessoa (cobaia).

Havia duas formas de ligar cada acelerômetro, uma certa e uma errada. Quando começou a experiência, deu tudo errado. Ao verificar os motivos da falha geral, Murphy percebeu que todos os acelerômetros estavam ligados da maneira errada. Foi aí que formulou sua principal lei: “Se alguma coisa tem a mais remota chance de dar errado, certamente dará”.
A partir daí, a idéia de Murphy se espalhou por várias culturas técnicas até chegar à linguagem do dia-a-dia. Atualmente, existe uma série de leis de Murphy, sempre baseadas no princípio “Se alguma coisa tem a mais remota chance de dar errado, certamente dará no pior momento e de modo que cause o maior dano possível.”. Algumas das leis de Murphy:

 - A fila do lado sempre anda mais rápido.
-  Você sempre acha algo no último lugar que procura.
- Todo corpo mergulhado numa banheira faz tocar o telefone.
- A probabilidade de o pão cair com o lado da manteiga virado para baixo é proporcional ao valor do carpete.
- Se você está se sentindo bem, não se preocupe. Isso passa.

Fonte: http://www.mundoeducacao.com.br/curiosidades/lei-murphy.htm